O novo vírus que surgiu na cidade de Wuhan, na China, em dezembro de 2019, já possui cerca de 6 mil pacientes infectados e mais de 130 mortos. Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais.

Alguns coronavírus podem causar doenças graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002 e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.

Sintomas

Os principais sintomas clínicos do novo coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado, como febre, tosse e dificuldade para respirar. Além disso também podem causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.

Transmissão

As formas de transmissão do vírus ainda estão sendo investigadas, no entanto, já existe confirmação de contaminação por contato. A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão e contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

O vírus pode ficar incubado por duas semanas, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção. O diagnóstico do novo coronavírus é feito com a coleta de materiais respiratórios (aspiração de vias aéreas ou indução de escarro).

Tratamento

Não há tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do novo coronavírus é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como uso de medicamento para dor e febre, uso de umidificador de ambiente ou banho quente.

O Ministério da Saúde alerta a importância de procurar ajuda médica imediata, assim que surgirem os primeiros sintomas, para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento.

MINISTÉRIO DA SAÚDE ORIENTA CUIDADOS PARA REDUZIR RISCO DE CONTAMINAÇÃO:

- Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

- realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;

- utilizar lenço descartável para higiene nasal;

- cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

- evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

- higienizar as mãos após tossir ou espirrar;

- não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

- manter os ambientes bem ventilados;

- evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;

- evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

- Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

- Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Fonte: Atarde


Anvisa aprova regras para liberação de terapias genéticas no

Tratamentos e medidas preventivas com modificação do DNA podem ajudar a tratar doenças como o câncer. A Agência Nacional de Vigilância

Aumenta para 5 o número de suspeitos de coronavírus no Brasil

O Ministério da Saúde passou a monitorar cinco casos suspeitos do novo coronavírus no Brasil, de acordo com o balanço divulgado nesta

Pessoas que se recuperaram do coronavírus tem sangue usado para

País pede que pessoas que se curaram de coronavírus doem plasma. Médicos afirmam que, em alguns casos, pacientes se recuperam em até 24

Treinamos as crianças a serem irritantes, diz psicoterapeut.

"Às vezes, elas (crianças) querem tanto a sua atenção que obter uma atenção negativa sua (com broncas ou brigas) é melhor do que não obter

Vigilância Epidemiológica realiza palestra contra a dengue

Teixeira de Freitas: A luta contra a dengue precisa da participação de todos. Neste conceito, a equipe de Vigilância Epidemiológica de Teixeira

Cai para três número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil

Total de casos descartados sobe para 45 em todo o país O número de casos suspeitos de infecção por coronavírus no Brasil caiu para três,

OMS diz que coronavírus já matou 1669 pessoas

Segundo Organização Mundial da Saúde, 51.857 casos já foram confirmados com exames, maior parte deles estão na China. A Organização Mundial

Sábado é dia D de vacinação contra sarampo, HPV, Meningite e

Teixeira de Freitas: Neste sábado (15), será o dia D de vacinação nacional contra o sarampo. Em Teixeira de Freitas, a Prefeitura/Secretaria de

Arraial d'Ajuda: Mulher dá à luz a menino durante travessia de

Porto Seguro: Uma mulher deu à luz a um menino dentro de uma balsa por volta das 22h30 de domingo (09). O parto aconteceu durante a travessia de

Por falta de atendimento, mulher tem filho na recepção de hospital

Após não receber atendimento médico, uma mulher teve um bebê na recepção do Hospital Regional de Eunápolis, cidade do sul da Bahia. O caso

Nossos Apoiadores: