O dia 31 de outubro pode entrar para a história como uma das datas mais marcantes da maior organização de MMA do mundo. No evento do UFC Fight Night da noite deste sábado, 31, o brasileiro Anderson Silva subirá ao tradicional octógono em provável última luta de sua carreira profissional, contra o jamaicano Uriah Hall.

Inicialmente, o combate entre o Spider e o 'Homem Ambulância' chegou a ser negociada para ter ocorrido no dia 14 de maio de 2016, pelo histórico evento do UFC 198, que ocorreu na Arena da Baixada, no estado do Paraná. Na ocasião, um problema na vesícula tirou o brasileiro da luta e fez o duelo ser descartado do card principal da noite.

"Essa é a última luta. Com certeza, essa é a última luta. Eu amo o esporte. Eu preparei minha mente para isso. Me preparei para lutar minha vida inteira, mas, sim, essa é a minha última luta no UFC", confirmou a lenda brasileira em entrevista ao site americano MMA Junkie.

Entretanto, na quinta, 29, já deixou a aposentadoria em dúvida. “Eu acho que pode ser que seja a última luta no UFC, sim. Mas vamos ver, pode ser que eu faça a outra luta que eu tenho no contrato, pode ser que não. Tudo pode acontecer”, disse. Este novo e último adversário pode ser o canadense George St-Pierre, outro campeão da categoria.

Peso-médio mais dominante da história do UFC

Aos 45 anos, Anderson Silva pode se orgulhar ao dizer que ele foi o campeão peso-médio mais dominante da história da organização. O título conquistado em outubro de 2006, após nocautear Rich Franklin, permaneceu nas mãos do curitibano até julho de 2013, ficando sob posse do cinturão por quase 2.500 dias, quando foi derrotado em uma contestada luta contra Chris Weidman.

De lá pra cá, o brasileiro diminuiu consideravelmente o seu ritmo de luta e, em detrimento da idade, também não conseguiu obter o mesmo sucesso de outrora. Nos últimos sete anos, Anderson foi aos octógonos por apenas oito vezes, perdeu seis, venceu uma e teve um combate sem resultado, contra Nick Diaz, após vencer por decisão mas falhar no exame anti-doping.

Contra-golpeador nato e com um dos jiu-jitsus mais apurados da organização, Spider derrotou vários dos maiores nomes de sua geração na respectiva divisão. Entre 2006 e 2013, grandes lutadores do UFC como Rich Franklin, Dan Hederson, Patrick Coté, Forrest Griffin, Demian Maia, Victor Belfort e Yushin Okami foram parar na lona em combate contra o brasileiro.

No entanto, nenhuma rivalidade foi tão acirrada para Anderson como a com Chael Sonnen. Contra o americano, Spider quase viu seu cinturão ir embora durante combate do UFC 117, em agosto de 2010. Dominado durante boa parte da luta, o brasileiro encaixou um triangulo de braço no quinto e último round.

O confronto ainda teria direito a uma revanche, dois anos mais tarde, no UFC 153, em Las Vegas. Dessa vez, entretanto, Sonnen não viu a cor das luvas de Anderson e terminou nocauteado no segundo round. Em recente entrevista, o americano chegou a falar que a primeira derrota foi, provavelmente, a que mais doeu em toda a sua carreira.

"Eu nunca assisti e nunca vou assistir novamente aquela luta. Na verdade, eu não costumo assistir de novo, eu fico nervoso até com as que venço, imagina com as derrotas. Sei que aquela luta em si me machuca, eu fiz de tudo para aquela oportunidade, não vencer me doeu mundo", revelou

O duelo contra o jamaicano Uriah Hall será o de número 46 na vitoriosa carreira do brasileiro. Até o momento, Anderson Silva possui um cartel de 34 vitórias, 10 derrotas e uma luta sem resultado. Com menos rodagem, seu oponente lutou apenas 24 vezes, vencendo 15 lutas e perdendo outras nove.

Durante a pesagem que aconteceu nesta sexta-feira, 30, o brasileiro não teve nenhuma dificuldades para bater o limite permitido. Visivelmente mais magro, Anderson Silva subiu na balança e marcou 83,5 kg, quase um quilo a menos do que seu oponente Uriah Hall (84,4 kg).

Outras lutas

Além da luta de despedida, outro brasileiro que também subirá ao octógono será o paulista Thiago Moisés, pelo peso-leve. Com apenas 25 anos, ele tenta sua terceira vitória na organização e a segunda seguida na carreira, diante do americano Bobby Green, que vem embalado com três resultados positivos em sequência.

A outra brasileira que estava escalado para o evento era a peso-mosca Priscila Cachoeira, a 'Pedrita'. No entanto, a brasileira sofreu um acidente antes da pesagem, onde bateu a cabeça na banheira e precisou ser levada ao hospital. Em comunicado enviado pela organização, o combate dela contra Cortney Case foi retirado do card.

UFC FIGHT NIGHT: HALL X SILVA - LAS VEGAS (EUA)

CARD PRINCIPAL

Peso-médio (até 84,4kg): Uriah Hall (84,4kg) x Anderson Silva (83,5kg)

Peso-pena (até 66,2kg): Bryce Mitchell (66,2kg) x Andre Fili (66,2kg)

Peso-médio (até 84,4kg): Kevin Holland (84,1kg) x Charlie Ontiveros (82,8kg)

Peso-pesado (até 120,7kg): Maurice Greene (113,4kg) x Greg Hardy (120kg)

Peso-leve (até 70,8kg): Bobby Green (70,3kg) x Thiago Moisés (70,8kg)

CARD PRELIMINAR

Peso-leve (até 70,8kg): Chris Gruetzemacher (70,5kg) x Alexander Hernandez (70,5kg)

Peso-galo (até 61,7kg): Adrian Yanez (61,5kg) x Victor Rodriguez (60,3kg)

Peso-médio (até 84,4kg): Sean Strickland (84,1kg) x Jack Marshman** (85,1kg)

Peso-meio-médio (até 77,6kg): Cole Williams* (79,6kg) x Jason Witt (77,3kg)

Peso-meio-pesado (até 93,4kg): Dustin Jacoby (92,5kg) x Justin Ledet (93,2kg)

Peso-galo (até 61,7kg): Miles Johns (61,2kg) x Kevin Natividad (61kg)

* Excedeu o limite da categoria em 2kg e foi multado em 30% da bolsa, com o valor sendo revertido para o seu adversário.

** Excedeu o limite da categoria em 700g e foi multado em 20% da bolsa, com o valor sendo revertido para o seu adversário.

Fonte: Atarde

Léo Ceará faz dois, Vitória bate o Guarani

O Vitória fez a lição de casa e conseguiu vencer o seu segundo jogo longe de Salvador no Brasileirão Série B. Em um momento imprescindível,

Inter humilha São Paulo no Morumbi e volta à liderança do

Yuri Alberto faz três; Cuesta e Caio Vidal completam a festa colorada A noite de quarta-feira (20) foi mágica para o Inter no Morumbi. No

Bahia supera o Atheltico-PR, volta a ganhar na Série A

O torcedor do Bahia finalmente pôde comemorar um triunfo na noite desta quarta-feira, 20. Foram dez partidas, contando todas as competições, sem

Grêmio arranca empate com Palmeiras na abertura da 30ª rodada

Diego Souza garante igualdade com gol no final do 2º tempo O Grêmio arrancou um empate de 1 a 1 com o Palmeiras, nesta sexta-feira (15) no

MP denuncia 11 pessoas por incêndio no Ninho do Urubu

Dez adolescentes morreram e três ficaram feridos na tragédia O Ministério Público (MP) denunciou à Justiça pelo crime de incêndio

Brasil tem 17 atletas no TOP-20 da World Athletics de 2020

Destaques são Felipe dos Santos, do decatlo, e Érica Sena, da marcha O atletismo brasileiro tem 17 nomes no Top 20 do Ranking Mundial de

Após sorteio, Palmeiras decidirá Copa do Brasil em casa contra

Jogo de ida da final será na Arena do Tricolor, em Porto Alegre O Palmeiras assegurou hoje (14), após sorteio na CBF, o direito de fazer o

Futebol: sul-americano sub-20 é cancelado por causa de pandemia

Competição aconteceria na Colômbia em fevereiro de 2021 A Federação Colombiana de Futebol (FCF) anunciou nesta quarta-feira (23) o

Maradona não consumiu drogas ou álcool dias antes de morrer

Procuradoria revela resultado da autópsia de ídolo argentino A autópsia realizada no corpo de Diego Maradona revelou que o ídolo argentino

Botafogo bate Ceará e assegura retorno à elite do Brasileiro

Alvinegras se classificaram às semifinais da Série A2 neste domingo O Botafogo está de volta à elite do Campeonato Brasileiro de Futebol

Nossos Apoiadores: