O técnico do Bahia Roger Machado receberá a Medalha Zumbi dos Palmares, uma honraria concedida à pessoas, grupos ou entidades que se destacam em diversos âmbitos da sociedade, na luta pelo combate à prática do racismo e a favor da cultura afro-brasileira. A homenagem foi aprovada por unanimidade nesta terça-feira, 19, na Câmara Municipal de Salvador.

A proposição foi apresentada pelo vereador Sílvio Humberto (PSB), que destacou a importância das declarações do homenageado confirmando a existência do racismo no Brasil, “que ecoou em todo o país e chamou atenção para a necessidade do combate à intolerância racial”.

Roger também será reconhecido como cidadão de Salvador, desta vez por iniciativa da vereadora Aladilce (PCdoB). As honrarias serão entregues em sessões solenes que ainda serão agendadas.

O treinador se destacou no âmbito no dia 12 de outubro na partida entre Bahia e Fluminense. Na ocasião, Roger e Marcão, os dois únicos técnicos negros da Série A do Campeonato Brasileiro, vestiram camisetas com o slogan “Chega de preconceito”.

No final da partida, em entrevista coletiva, o comandante do Bahia utilizou o seu espaço na imprensa para discursar contra o racismo.

"Quando eu respondo às pessoas dizendo que eu não sofri preconceito diretamente, a ofensa, a injúria, ela é só o sintoma dessa grande causa social que nós temos. Porque a responsabilidade é de todos nós, mas a culpa desse atraso, depois de 388 anos de escravidão, é do Estado, é através dele que as políticas públicas, que nos últimos 15 anos foram instruídas, que resgataram a autoestima dessas populações, que ao longo de muitos anos tiveram negadas essas assistências básicas, elas estão sendo retiradas nesse momento. Na verdade, esses casos que vêm aumentado agora, de aumento de feminicídio, homofobia, os casos diretos de preconceito racial, é o sintoma", afirmou.

O treinador também falou sobre a importância de enfrentar o problema não só no futebol. "Nós negamos. 'Ah, não fala sobre isso. Porque não existe racismo no Brasil em cima do mito da democracia racial'. Negar e silenciar é confirmar o racismo. Minha posição como negro na elite do futebol, é para confirmar isso. O maior preconceito que eu senti não foi de injúria. Eu sinto que há racismo quando eu vou no restaurante e só tem eu de negro. Na faculdade que eu fiz, só tinha eu de negro. Isso é a prova para mim. Mas, mesmo assim, rapidamente, quando a gente fala isso, ainda tentam dizer: 'Não há racismo, está vendo? Vocês está aqui'. Não, eu sou a prova de que há racismo porque eu estou aqui", ratificou.

Fonte: Atarde


Mundial de Handebol: Brasil se complica após três jogos sem vencer

Seleção depende de 2 vitórias e combinação de resultados para avançar O Brasil ficou numa situação delicada no Mundial de Handebol

Brasil estreará contra a Venezuela na Copa América de 2020

Veja a tabela da competição A seleção brasileira conheceu nesta terça-feira o adversário de estreia na edição de 2020 da Copa América.

Craques do Flamengo tatuam taça da Libertadores

Jogadores do Rubro-Negro fizeram questão de marcar conquista da maior competição da América, em seus corpos. Confira fotos a seguir Após o

Marta encontra Cristiano Ronaldo e evita falar sobre aposentadoria

Encontro de craques foi promovido pelo canal Desimpedidos Escolhida como melhor futebolista do mundo por seis vezes, Marta teve um encontro de

Real Madrid lança uniforme virtual exclusivo para o game Fifa 20

Torcedores podem comprar uniforme que não será usado pelo time em campo O Real Madrid lançou uma nova camiseta exclusiva para o game Fifa 20.

Finalista do TUF Brasil, Serginho Moraes é demitido do UFC

Vice-campeão do reality show deixou franquia após série ruim O Brasil perdeu um atleta do quadro de profissionais do Ultimate Fighting Brasil.

Prefeitura inaugura Campo de Futebol Society em Santo Antônio

Teixeira de Freitas: Jeolino Lopes da Silva “Gel Lopes”, este foi o nome dado ao Campo Society inaugurado pela Prefeitura de Teixeira de

Brasil empata com a França no Mundial Feminino de Handebol

Depois de perder para a Alemanha em sua estreia no Mundial Feminino de Handebol, a seleção brasileira empatou em 19 a 19 com a atual campeã

Atlético recebe Corinthians para tentar voltar a vencer no

Galo está há quatro jogos sem vencer na competição nacional De volta ao Independência, o Atlético encara o Corinthians neste domingo, às

Cruzeiro perde no Mineirão para o CSA e se complica na Série A

Raposa segue na zona de rebaixamento, na 17ª posição A má fase do Cruzeiro parece não ter fim. Com direito a pênalti perdido por Thiago

Nossos Apoiadores: