O curso de tecnologia da informação é uma das opções para quem tem interesse no segmento

Também conhecidos como hacker ético ou “chapéu branco” (White hat em inglês) eles são os profissionais que usam os seus conhecimentos técnicos para conseguir acesso a um sistema, aplicativo ou dados fechados, mas com autorização.

Diferente dos hackers que, irregularmente, invadem sistemas de empresas, fazem clonagem de dados, invasão de contas, dentro outras atividades ilegais, os “chapéus brancos”, possuem legitimidade e formação acadêmica para desenvolver o trabalho dentro das normas lícitas.

Nesse caso, quando contratado para “invadir” um sistema, o objetivo do hacker do bem é identificar a vulnerabilidade na cibersegurança, imaginar as estratégias e ações de outros hackers mal-intencionados e criar soluções para fortalecer a proteção do sistema.

Com a demanda por esse tipo de hackers, universidades do mundo inteiro passaram a oferecer graduações e pós-graduação na área de estudo chamada Ethical Hacking - ou Hacking Ético.

Um desses institutos foi a Coventry University, no Reino Unido. O seu bacharelado de Ciências em Hacking Ético e Cibersegurança tem três anos de duração e custo anual de £ 16.400 para estudantes internacionais. 

Além desse, outro curso é o bacharelado de Ciências em Hacking Ético da Abertay University, também britânica, mas com quatro anos de duração. O valor da graduação para estudantes internacionais é de £ 15.500 por ano. 

No Brasil, apesar de não haver uma formação específica, um curso que se assemelha ao de Hacker é o de Tecnologia da Informação.

Para encontrar uma faculdade na sua região que oferte o curso, você pode contar com a ajuda do Educa Mais Brasil. São milhares de instituições parceiras e você ainda pode estudar com um desconto de até 70%. Se interessou? Acesse o site do programa e confira.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

83% dos jovens se sintam pressionados sobre futuro acadêmico, diz

Entre aqueles que desistiram de estudar, 68% pretende voltar às aulas após a interrupção da pandemia. Pesquisa ouviu 1,5 mil pessoas acima de 16

Inscrições para bolsas remanescentes do ProUni terminam quarta

Há 90 mil bolsas não preenchidas no processo seletivo regular Os candidatos já matriculados ou não em instituição de ensino superior, onde

Por que Microsoft deixou 855 computadores no fundo do oceano por

Experimento pouco comum da Microsoft chegou ao fim agora Dois anos atrás, a Microsoft colocou um centro de dados no fundo do mar na costa de

No Peru, pandemia levou cerca de 300 mil alunos a desistirem da

Número equivale a 15% dos estudantes do país. Entre os motivos estão a necessidade de trabalhar e as dificuldades de acesso a aulas

Ministro da Educação diz que jamais incentivou discriminação

Milton Ribeiro afirmou que declarações foram retiradas do contexto O ministro da Educação, Milton Ribeiro, divulgou nota neste sábado (26)

Não se deve menosprezar a capacidade de um surdo, diz pesquisador

Professor Messias Ramos, que é surdo, estuda linguística no doutorado Entre livros, aulas e pesquisas, Messias Ramos Costa se prepara para

CIEE lança programa para capacitar estudantes do ensino médio

Estágio terá carga horária diária de seis horas O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) lançou hoje (24) um programa voltado para a

Alunos com Fies podem suspender pagamentos até o fim da pandemia

Nova resolução amplia benefício enquanto durar estado de calamidade Estudantes que têm contratos do Financiamento Estudantil (Fies) por meio

Entidades estudantis convocam atos contra corte no orçamento

A mobilização é organizada pela UNE, a UBES e a ANPG e ocorrerá nesta quarta-feira (23). Estão marcadas para esta quarta-feira (23/9)

Enem: estudantes têm até 1º de outubro para inserir foto no

A fotografia deve mostrar o rosto inteiro do participante Até 23h59 (horário de Brasília) do dia 1º de outubro inscritos no Exame Nacional do

Nossos Apoiadores: