Cerca de 435 mil estudantes do ensino superior estão inscritos para fazer o exame neste domingo (24)

Um bom desempenho no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) pode trazer benefícios na hora de conseguir um emprego, de acordo com o presidente substituto do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Camilo Mussi.

Neste domingo (24), cerca de 435 mil estudantes do ensino superior estão inscritos para fazer o exame. As provas serão aplicadas em 1.063 municípios.

"É importante que o aluno que vai fazer o Enade tenha noção de que o exame é um dos elementos usados para avaliar a instituição em que ele se formou", disse Mussi. "É importante ter noção de que entrevistas [de emprego] e de mercado de trabalho avaliam isso, se aluno estudou em uma instituição boa", acrescentou.

O Enade é um exame feito por estudantes — ao final dos cursos de graduação — para avaliar conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso.

O estudante precisa fazer o exame para colar grau e receber o diploma, mas não existe a obrigação de uma nota mínima para que ele seja aprovado. Alguns estudantes acabam, portanto, não se dedicando ao exame, segundo o Inep.

Na última avaliação, em 2018, a média geral das notas dos estudantes da maior parte dos cursos avaliados foi menor que 50 pontos, em uma escala que vai até 100.

Esse desempenho reflete na avaliação da qualidade das instituições de ensino superior, já que o exame é um dos componentes dessa avaliação, que leva em consideração também o Questionário do Estudante, de preenchimento obrigatório para quem vai fazer o Enade, a infraestrutura das instituições, o corpo docente, entre outros critérios.

Mussi incentiva os estudantes a se prepararem para a prova pois, com um bom desempenho, eles podem dizer que saíram "de instituição que teve uma boa nota no Enade e uma boa avaliação institucional".

Melhores desempenhos

O MEC estuda ainda outras formas de tornar o Enade mais atraente. Uma delas é divulgar os nomes dos estudantes que tiveram os melhores desempenhos no exame. A intenção é tornar público apenas os nomes daqueles que acertaram mais de 60% da prova. Não será divulgada a nota específica, mas a faixa de acertos.

De acordo com o presidente substituto, isso ainda não deverá ser implementado nesta edição, pois é necessário que os participantes estejam cientes das regras e que permitam essa divulgação. A divulgação deverá ser implementada "nos próximos exames", disse.

Para este domingo, Mussi afirmou que já está tudo pronto para a aplicação e que as provas já foram distribuídas. "É importante visualizar o local de prova e planejar com antecedência como chegar a ele, para que não se atrase devido à ausência ou redução do transporte público", recomendou.

O local de prova está disponível no Cartão de Confirmação de Inscrição, que pode ser acessado no Sistema Enade.

Neste ano, o Enade avaliará os cursos das áreas de ciências agrárias, ciências da saúde e áreas afins; engenharias e arquitetura e urbanismo; e os cursos superiores de tecnologia nas áreas de ambiente e saúde, produção alimentícia, recursos naturais, militar e de segurança.

Fonte: Agência Brasil

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

Cronograma das atividades deve ser orientado pelo governo local O Ministério da Educação (MEC) definiu um protocolo de biossegurança para a

Casa da Cultura irá promover Festival Cultural “Dedicasa tem

As mídias digitais tem sido fundamentais na disseminação da cultura durante este período de pandemia. A Casa da Cultura, órgão ligado à

SEC- BA e APLB dialogam sobre protocolos de volta às aulas

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) promoveu, nesta terça-feira (30), uma reunião virtual com dirigentes da SEC e representantes da APLB

Ministro da Educação deixa o governo após cinco dias no cargo

Antes mesmo de tomar posse, o ministro da Educação, Carlos Decotelli, deixou o cargo após o presidente Jair Bolsonaro ter aceitado seu pedido de

O estudo que estima em 36 as civilizações extraterrestres

Os cientistas do estudo tentaram determinar quantas civilizações poderiam contatar os humanos Quantas civilizações extraterrestres poderiam

Análise aponta cópia em dissertação do ministro da Educação

Além de não ter tido a tese de doutorado aprovada, há sinais de plágio no trabalho do mestrado, apresentado em 2008 para a FGV Rio de

Covid: “4º ano do ensino médio” pode ser votado pela Câmara

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai pautar para terça-feira (30), a medida provisória 934 sobre o ensino escolar durante a

Aos 18 anos, brasileira passa em 7 universidades internacionais

Estudante mora na periferia de SP e vai cursar neurociência na Flórida (EUA). No total, conseguiu bolsa em seis faculdades Isabelly Moraes

MEC revoga portaria que acabava com cotas para negros e índios

Medida foi publicada hoje (23) no Diário Oficial da União O Ministério da Educação tornou sem efeito a Portaria nº 545/2020, publicada no

Enem 2020 tem 5,8 milhões de inscritos

Mais da metade dos inscritos tem mais de 20 anos e 60% são mulheres O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve 5,78 milhões de inscritos. O

Nossos Apoiadores: